• A+
  • A-

Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos

Image
12/07/16
680

Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos

Os alunos de percussão possuem frequência assídua e entusiasmo contínuo

Por Caroline Milanez

Os dezesseis alunos do curso de percussão do Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos no Grande Barroso em Fortaleza completaram quatro meses de aula ao término do mês de Fevereiro com frequência assídua e entusiasmo contínuo, motivados pelos educadores, pais e parceiros do Projeto. As meninas e os meninos já identificam os instrumentos preferidos e elegem as músicas favoritas para tocarem com o grupo, além, de acompanharem o repertório principal do curso. Os alunos Pedro Ruan e Jederson da Costa possuem 12 e 9 anos de idade, respectivamente, elegeram a zabumba como instrumento favorito. Pedro afirma que não teria graça tocar sozinho sem o acompanhamento dos colegas e Jederson compartilha que apesar de já ter aprendido a tocar todos os instrumentos, o seu preferido é a zabumba.

O posicionamento de cada um e a desenvoltura no conjunto também estão sendo trabalhados para que as crianças se sintam seguras e animadas na presença de platéias. O primeiro ensaio da apresentação geral deles aconteceu no Encontro Musical de Natal em dezembro de 2012. Os pais e moradores da comunidade foram os espectadores. “A turma tem muita vitalidade, todos são muito espertos e aprendem rápido”, destaca a professora Aline Marques.

A Hora do Lanche é importante

Os alunos possuem aula de percussão duas vezes por semana com duração de duas horas cada. O intervalo de vinte minutos é indispensável para que eles se alimentem e interajam entre si. A professora explica que os primeiros cinquenta minutos de aula exigem aquecimento corporal, vocal e bastante concentração dos alunos. “O lanche é fundamental para que os alunos reponham as energias e também torna-se uma ótima oportunidade de comunhão entre eles. A Rede de Supermercados Super do Povo é parceira do Projeto desde Fevereiro com a doação de frutas tropicais para o Lanche das crianças. O Super do Povo possui seis lojas em Fortaleza e os supermercados localizados no Pátio Arvoredo e bairro José Walter estão próximos ao Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos. “Contribuirmos com o resgate da cidadania e do valor humano através de ações socioeducativas nas comunidades próximas as nossas lojas é relevantíssimo para nós”, declarou  Valéria Novais, diretora de Recursos Humanos.

Música é cidadania

A educadora Gláucia Paiva, coordenadora do Projeto possui atenção especial sobre o conteúdo das músicas que os alunos estão aprendendo a tocar e àquelas que eles próprios sugerem para o repertório. Semanalmente, eles sentam-se em roda para conversar sobre os aspectos regionais e sócio- culturais de cada letra. As alunas Ana Rayssa e Roberta Bandeira possuem 7 e 11 anos de idade, respectivamente, e elegeram as músicas Ciranda e Areia como suas favoritas porque são letras bonitas e divertidas.

O Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos está formando dezesseis crianças em percussão, concedendo-lhes o acesso a instrumentos regionais, como triângulo, agogô, zabumba e outros. Além da formação da bandinha, preceitos de cidadania e princípios cristãos são ensinados às crianças e suas famílias.

Serviço:

Projeto de Cidadania do Hospital São Carlos

Rua Maria José Passos Jereissati s/n Barroso I

lm3cidadania@hotmail.com

(85) 4141.1898

COMPARTILHAR NO FACEBOOK